Saques fraudulentos nas contas de seus clientes, realizados com cartão clonado, transferências ilícitas ou outras manobras dos bandidos,

estariam provocando uma média diária de rombo de R$ 330 mil na Caixa Econômica Federal. No primeiro trimestre deste ano, teria alcançado R$ 29,7 milhões. Em 2011, foram surrupiados cerca de R$ 234 milhões.

Published On: 06/08/2013Categories: Gerais

Compartilhe

Leave A Comment

Relacionados