Diante da insistência da Copasa em cobrar a taxa de tratamento de esgoto, o prefeito Diógenes Fantini e a população de Sabará, incluindo representantes de entidades públicas,

sindicais e políticas, donas de casa, aposentados, estudantes e todos os trabalhadores da cidade, vão às ruas para uma grande manifestação na próxima terça-feira, dia 8 de abril, às 4 horas da tarde. A concentração será na Praça Melo Viana, em frente a sede da Copasa. Sabará não concorda com esta cobrança, uma vez que o tratamento de esgoto ainda não foi implementado pela Copasa no município, e conta com a participação de todos os moradores para que a Copasa pare de cobrar a taxa sobre o valor da conta de água. Além disso, moradores do bairro Nossa Senhora de Fátima estão sem água há quatro dias, sem falar de Ravena e outras comunidades, onde o abastecimento é precário e constantemente interrompido.

Fonte: www.direitocidadao.com.br

Published On: 07/04/2014Categories: Gerais

Compartilhe

Leave A Comment

Relacionados