O número de indústrias com volume de estoques excessivos atingiu neste mês a maior marca desde dezembro de 2011. 0 resultado foi responsável pela queda do índice de

confiança da indústria, calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV)com base em vários indicadores. O índice de confiança dos empresários chegou ao menor nível em quatro anos.

O acúmulo de estoques também provocou a redução do uso da capacidade instalada nas fábricas em agosto e diminuiu as intenções de contratações até outubro, revela a Sondagem Conjuntural da Indústria de     Transformação, da FGV. “O acúmulo de estoque retarda a recuperação da indústria”, afirma o superintendente adjunto de Ciclos Econômicos da FGV, Aloisio Campelo. Em agosto, 9,4% das cerca de 1,2 mil indústrias consultadas na sondagem informaram que acumulavam estoques excessivos.

De toda forma, o estoque excessivo foi responsável pela queda de 0,6% do índice de Confiança da Indústria este mês em comparação com julho, descontadas as influências sazonais. O indicador, que recuou para 99 pontos, registrou a terceira queda consecutiva e o menor nível desde julho de 2009, teria ficado estável se não houvesse a influência dos estoques.

http://www.direitocidadao.com.br/index.php

Published On: 28/08/2013Categories: Gerais

Compartilhe

Leave A Comment

Relacionados