Os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana foram condenados, nesta quarta-feira, 19, a um ano e oito meses de prisão por evasão fiscal de cerca de 1 bilhão de

euros, segundo a agência italiana de notícias Ansa. Os dois, fundadores da tradicional marca de luxo italiana Dolce & Gabbana, também terão que pagar uma multa de 500 mil euros. A decisão, tomada em primeira instância por um tribunal de Milão, cabe recurso. No dia 12 de junho, o advogado da dupla, Massimo Dinoia, já havia pedido a absolvição dos dois no caso de evasão fiscal.

Published On: 20/06/2013Categories: Gerais

Compartilhe

Leave A Comment

Relacionados