Para a Justiça Federal no Pará, o licenciamento ambiental para construção da usina no  Rio Xingu cumpriu todas as exigências. O Ministério Público Federal havia pedido anulação

de licença prévia do Ibama, alegando que a obra afetaria terras indígenas de Paquiçamba, Arara da Volta Grande e Juruna.

Published On: 23/05/2013Categories: Gerais

Compartilhe

Leave A Comment

Relacionados